Por uma gestão mais inteligente dos espaços

05 Nov 2019
Partilhar
Facebook LinkedIn Twitter

Na cidade, o equilíbrio entre a área construída e os espaços verdes é crucial para um desenvolvimento harmonioso da sociedade. E, com a gestão através da tecnologia, esse equilíbrio pode ser também mais sustentável, indo ao encontro das expectativas dos seus habitantes.

O equilíbrio entre a necessidade do desenvolvimento com as expectativas de qualidade de vida dos cidadãos é uma das principais prioridades para quem tem, como responsabilidade, o planeamento urbano, de forma a gerir o espaço de forma mais eficaz.

A boa notícia é que há muito para fazer na forma como olhamos para as cidades em áreas que, pela sua própria natureza, podem ter um impacto na vida dos cidadãos.

No setor do “facilities management”, no qual a NextBITT é uma das principais referências em Portugal – tendo já sido premiada duas vezes pela Microsoft a nível internacional –, existem soluções que ajudam as organizações a gerir e a otimizar os seus equipamentos, bem como as relações com os respetivos fornecedores de serviços: da limpeza à segurança, da jardinagem à manutenção, da iluminação à climatização.

A equipa da NextBITT tem vindo a desenvolver vários projetos inovadores que permitem controlar equipamentos e instalações de clientes quer estes se encontrem dispersos ou concentrados no mesmo edifício. A solução tira partido da comunicação NFC e de tecnologias de geo-referenciação, de forma a garantir a completa rastreabilidade dos ativos físicos ao longo do seu ciclo de vida, quer no que diz respeito ao controlo de custos, quer na vertente operacional de disponibilidade e operação de cada equipamento.

A implementação da solução NextBITT – Asset & Facilities Management tira partido da informação recolhida a partir de equipamentos sensorizados (e da aplicação de sensores em equipamentos mais antigos) de forma a monitorizar o seu funcionamento, gerir operações de manutenção proativa e reativa, e reduzir ao máximo a sua pegada ecológica.

Através da informação recolhida por sensores, é possível analisar parâmetros e ajustar o funcionamento de sistemas de iluminação e climatização em tempo real. As possibilidades de otimização são praticamente ilimitadas: a iluminação interna pode ser dinamicamente alterada de acordo com a luz que vem do exterior; a climatização ajustada em função da medição da temperatura em tempo real; a ventilação forçada ativada após a leitura de determinados valores na qualidade do ar… Depois, esta informação poderá ser partilhada automaticamente com equipas internas ou prestadores de serviços externos para atuarem em função das necessidades detetadas, e integrada com o ERP otimizando assim um fluxo de trabalho sem papel, email ou documentos avulsos.

Mas a monitorização destes parâmetros, que vão desde a temperatura à iluminação e passando pela qualidade do ar, pode ser feita também no espaço público e em benefício dos cidadãos – dos semáforos aos sistemas de iluminação, da georreferenciação de terrenos e edifícios rústicos, à gestão otimizada da água, do saneamento e da energia.

Ou seja, a boa notícia é que a mesma tecnologia da NextBITT que possibilita este cenário num edifício ou organização pode facilmente ser escalada, de forma a oferecer importantes ferramentas de gestão urbana a uma autarquia, otimizando recursos e antecipando necessidades que resultam numa maior qualidade de vida para os cidadãos.

Fonte da notícia disponível para consulta em: Smart Cities

28 Jul 2023
As novas fronteiras tecnológicas na transformação da gestão de ativos físicos

Qual é o principal desafio das organizações?

19 Jul 2023
Empresas podem reduzir custos com a melhoria na gestão de ativos

Agilizar e automatizar os processos de gestão de operação das empresas com as equipas de manutenç

18 Jul 2023
BPI recorre à tecnologia da Nextbitt para reduzir pegada carbónica

Com a neutralidade carbónica até 2050 em perspetiva e, pelo menos, um trilião de euros por mobili

09 Jun 2023
A Sustentabilidade como fator chave para o futuro dos negócios

Ao longo dos últimos dois anos, a Sustentabilidade tem vindo

Usamos cookies em nosso site para oferecer suporte a recursos técnicos que melhoram a experiência do utilizador.

Também usamos serviços de análise e publicidade. Para cancelar, clique para obter mais informações.