O Sistema de Gestão Ambiental no futuro dos negócios

07 Set 2022
Partilhar
Facebook LinkedIn Twitter

Ao abrigo da legislação publicada na Comunidade Europeia, as organizações, são, agora, obrigadas a divulgar um relatório de sustentabilidade, com evidências “não financeiras”. É neste sentido que a implementação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) se pode tornar fundamental para o futuro dos negócios.

A sustentabilidade já não é um conceito propriamente inovador para as organizações do atual ecossistema empresarial. Compreendem, cada vez mais, a importância de implementar políticas sustentáveis, na medida em que vivemos um período crítico ao nível do ambiente e pode também ser benéfico para a própria organização, permitindo um posicionamento positivo junto dos consumidores, que se querem rever na filosofia e nos princípios da mesma.

Por outro lado, ao abrigo da legislação publicada na Comunidade Europeia, as organizações, são, agora, obrigadas a divulgar um relatório de sustentabilidade, com evidências “não financeiras”. É neste sentido que a implementação do Sistema de Gestão Ambiental (SGA) se pode tornar fundamental para o futuro dos negócios.

Mas então o que é o Sistema de Gestão Ambiental?

Segundo a norma 14001, o Sistema de Gestão Ambiental está incluído no sistema global de gestão de uma organização que tem como objetivo o controlo ambiental, através de uma abordagem estruturada e planeada em todas as suas vertentes (ar, água, energia, etc.), envolvendo toda a estrutura da organização e todos aqueles que são influenciados pelas atividades, equipamentos, produtos e processos da organização que provocam ou podem vir a provocar danos ambientais, implementando um processo proactivo de melhoria contínua.

Este processo é dinâmico visto que está sujeito a uma avaliação periódica, onde são analisados os objetivos e traçadas metas para o cumprimento medidas corretivas implementadas. Este esforço de gestão deve resultar numa melhoria contínua do desempenho da organização em matérias ambientais.

Quando implementamos o Sistema de Gestão Ambiental numa organização, os objetivos e as metas devem ser coerentes com a sua política ambiental, incluindo os compromissos relativos à prevenção da poluição, ao cumprimento dos requisitos legais aplicáveis e outros requisitos que a organização subscreva. Para estabelecer e rever os seus objetivos e metas, a organização deve ter em consideração os aspetos ambientais significativos, as tecnologias disponíveis, os seus requisitos financeiros, operacionais e de negócio, assim como a opinião dos stakeholders externos e internos.

Posteriormente, a organização deve estabelecer, implementar e manter programas destinados a atingir os objetivos – Programa de Gestão Ambiental (PGA). Os programas devem incluir a identificação das responsabilidades relativamente a cada um dos objetivos e metas, aos níveis e funções relevantes da organização, assim como os meios e os prazos para que estes sejam atingidos. A organização poderá, ainda, estabelecer um procedimento que lhe permita controlar a implementação do PGA e efetuar a sua revisão periódica e/ou alteração de acordo com os requisitos pré-estabelecidos da política ambiental e tendo em consideração os aspetos ambientais significativos das atividades, produtos e serviços.

A implementação do SGA numa organização pode assim contribuir para a redução de riscos e de problemas:

  • Aumento dos custos por motivos ambientais;
  • Incumprimento da legislação ambiental;
  • Barreiras a exportações impostas por países com maiores exigências, por via de incumprimentos de objetivos ambientais;
  • A crescente preferência de bens e serviços produzidos por empresas que tenham um correto comportamento em termos ambientais.

Em suma, o SGA permite que as organizações desenvolvam uma política ambiental, proporcionando um melhor desempenho do negócio. Para além disso, o Sistema de Gestão Ambiental contribui para diminuir os custos, reduzir o consumo de água, energia elétrica, etc. Também ajuda a empresa a posicionar-se no mercado de forma competitiva e estratégica, oferecendo ao consumidor uma alternativa preocupada com as questões ambientais e impactos que o negócio pode ter no ambiente.

Neste sentido, é importante que a empresa esteja comprometida em todos os níveis operacionais, especialmente a alta gestão, para que a implementação do SGA possa ser um sucesso e permita à organização se desenvolver de forma consciente e saudável para a sociedade.

Fonte: SmartPlanet

Aceda às notícias mais recentes ou descubra como a NextBITT pode ajudar o seu negócio

Notícias Relacionadas

05 Dez 2022
Nextbitt: a ‘ajuda preciosa’ para a indústria automóvel

A Nextbitt surgiu em 2015 e desde ai que nunca mais parou.

02 Nov 2022
Sabe qual é a pegada de carbono do seu edifício?

A maioria das empresas não sabe qual a eficiência energética

13 Out 2022
Entrevista Nextbitt no minuto Corporate Finance

Miguel Salgueiro, CEO da Nextbitt, é o convidado para a rubri

28 Set 2022
Aposta na transformação ambiental das organizações em Portugal

No final do ano passado, a União Europeia decretou que as org

Usamos cookies em nosso site para oferecer suporte a recursos técnicos que melhoram a experiência do utilizador.

Também usamos serviços de análise e publicidade. Para cancelar, clique para obter mais informações.