Explorer Investments investe 5 milhões de euros na NextBITT

21 Jul 2022
Partilhar
Facebook LinkedIn Twitter

A empresa de sistemas de gestão de edifícios vai internacionalizar as suas operações na Europa, com a abertura de escritórios em novos países, e investir na estratégia de sustentabilidade. “Esperamos que [o contrato] venha a permitir elevar a NextBITT ao próximo nível de crescimento”, diz o investidor António Rocha Silva.

A empresa portuguesa NextBITT, que opera no negócio dos sistemas tecnológicos de gestão e otimização de ativos físicos, anunciou esta sexta-feira que assinou um contrato de 5 milhões de euros com um fundo gerido pela Explorer Investments para internacionalizar as suas operações na Europa e investir na estratégia de sustentabilidade.

Uma aposta na internacionalização

 

Numa primeira fase, o capital será mobilizado para a abertura de novos escritórios em países europeus, investir em investigação e desenvolvimento (I&D) e voltar a contratar para aumentar a equipa que tem hoje mais de 40 pessoas. O objetivo é, com esses talentos, “reforçar os serviços de Sistemas de Gestão Energética e Sistemas de Gestão Ambiental da plataforma NextBITT”, de acordo com o sócio cofundador Miguel Salgueiro.

Miguel Salgueiro e os restantes sócios fundadores – André Calixto e Pedro Morais – mantém-se na empresa, com autonomia de gestão. António Rocha Silva, sócio da área de Growth Capital da Explorer Investments, explica porquê: “Temos objetivos claros para os nossos investimentos: em projetos com elevado potencial de crescimento, resiliência e solidez do seu negócio, mas que sejam também projetados para os desafios do futuro”.

 

“A aposta na criação de uma plataforma de excelência, já em utilização em diversos clientes de reconhecida exigência, a que se junta uma visão alicerçada na sustentabilidade (princípio que também partilhamos) e sustentada num forte investimento na área de I&D, estão na base de uma decisão que, assim esperamos, venha a permitir elevar a NextBITT ao próximo nível de crescimento e traduzir-se num investimento com elevada rentabilidade para os nossos investidores”, argumenta o porta-voz da sociedade gestora de fundos de private equity.

A assessoria jurídica desta operação esteve a cargo da sociedade de advogados J+Legal, através de uma equipa coordenada pelo sócio Jorge Brito Pereira. O escritório tem vindo a desenvolver um projeto autónomo – a J+Next – para apoiar o crescimento de startups e empresas tecnológicas nacionais que será formalmente lançado depois do verão. “Estar presente na assessoria destes contratos que representam investimentos em tecnologias de ponta, significa ser também desafiado a estar presente no direito do futuro”, diz o advogado Jorge Brito Pereira.

 

A NextBITT foi fundada há sete anos e comercializa sistemas de gestão de edifícios ou infraestruturas, que vão desde a frota automóvel de uma empresa, os painéis solares que tem no telhado ou o pequeno-almoço que servirá nas mesas de reunião.

Fonte: Jornal Económico

 

Aqui pode encontrar mais notícias sobre a NextBITT ou descubra como o podemos ajudar.

Notícias Relacionadas

18 Jan 2023
4 Tendências de gestão de ativos físicos para 2023

Quando entramos em 2022, a indústria de gestão de ativos físi

22 Dez 2022
"As mulheres não devem duvidar das suas capacidades" - Ana Gama, CFO

Com 20 anos de experiência na área de gestão, Ana Gama é form

05 Dez 2022
Nextbitt: a ‘ajuda preciosa’ para a indústria automóvel

A Nextbitt surgiu em 2015 e desde ai que nunca mais parou.

02 Nov 2022
Sabe qual é a pegada de carbono do seu edifício?

A maioria das empresas não sabe qual a eficiência energética

Usamos cookies em nosso site para oferecer suporte a recursos técnicos que melhoram a experiência do utilizador.

Também usamos serviços de análise e publicidade. Para cancelar, clique para obter mais informações.